RSS

Arquivo da categoria: meus cães

Os 10 mandamentos caninos

Recebi  por e-mail, achei maravilhoso e resolvi postar aqui. Como não podia deixar de ser, troquei a foto original pelo meu próprio cachorro.
O que você achou? Não  é a mais pura verdade? Acho que se eles pudessem falar diriam tudo isso pra gente…São seres maravilhosos, leais, amorosos e lindos. A vida, com certeza, não seria tão bela sem eles.

                                                                              Átila
 
1 comentário

Publicado por em 15/03/2012 em átila, mensagens, meus cães

 

>Voltando a contar histórias

>

…continuação
Para chegarmos à praia, utilizamos a BR 116 que aqui no Paraná chama-se BR 376, não me perguntem o porquê. Essa mesma BR também vai para Balneário Camboriú, Florianópolis e todas as outras praias do litoral de Santa Catarina. Imaginem agora o trânsito num um feriado prolongado! Todo o estado vai usar esse caminho para ir ao litoral. Isso sem falar nos paulistas que também andam por aqui. Horas a fio de viagem. Um percurso que duraria, normalmente, 1 hora e 15 minutos, nessas ocasiões demora mais ou menos de 5 a 7 horas. Usem agora a sua mais criativa imaginação e pensem num animal de 60 kg num banco traseiro de carro durante todo esse tempo. Nem pensar! Para evitarmos esse transtorno todo, o remédio foi sair de casa antes de voltar depois. Decidimos viajar na quinta-feira. Tudo resolvido: viagem rápida para não estressar o bicho. Não ia dar nem tempo de ele perceber que estava demorando. Ledo engano: acidente na estrada. Aquela 1 hora e 15 tranformou-se em 5 horas com uma chuvinha básica para não podermos abrir as janelas. A “criatura” até que se comportou bem. Paramos duas vezes para ele esticar as pernas e fazer necessidades. Até dormiu quando percebeu que o negócio ia se estender. “Doce criatura”. Brincadeira? Não, é sério mesmo. Ele é realmente uma doce criatura.
Apesar do incômodo , que é visível, o que importa pra ele é estar junto conosco. Suporta até o excesso de calor e insetos voadores que são em grande número por lá. O pátio é aberto e temos que ficar o tempo todo de olho nele pois fica tentando dar umas escapadelas para fora . O tempo não estava muito bom o que, de fato, foi melhor pois o calor não era tão grande. Os pássaros coloridos não apareceram. Acho que nesta época do ano vão para outro lugar. Átila aguentou firme mas tenho a sensação de que quando chegamos em casa de volta, ele me olhou com aqueles olhos lindos e pensou: “agora tô no meu lugar”.

Tirando um cochilo na sala:

Tá me chamando????

Foi preciso muita quirera para aparecer alguns:
Um beija-flor de vez em quando:

Escondidinho embaixo da mesa para os mosquitos não verem:

Banho de lua:

Algumas poucas orquídeas estavam floridas:
 

>Tem cara mais linda que essa?

>

Quanto mais eu olho mais lindo eu acho! Tudo o que se fala de ruim sobre esse bicho não se aplica ao Átila. Ele é brincalhão, amigável, simpático, insistente e “sem noção”. Aliás, acho que todos os que tive (Boby, Shara, Junior e Átila) foram e são sem noção de que são cachorros e não pessoas da família. Eles se acham “gente” e querem estar participando de tudo. O Átila então, nem se fala. Ele estabeleceu horários em sua vida, segue diariamente sua própria rotina. Espera até um determinado horário para a porta da cozinha ser aberta pra ele. Caso isso não aconteça o remédio é chorar na janela do quarto pra ver se alguém atende. Aí vem o cochilo da manhã, na porta entre a cozinha e a sala, até a hora do almoço. Enquanto estamos comendo, ele continua dormindo, mas ao menor sinal de movimento, ele sabe que está na hora do seu almoço. Senta na cozinha e fica esperando pacientemente até que sirvamos seu prato- e não pensem que ração só serve, essa é a hora do agradinho- tem que ter um molho, de preferência. Depois disso, é dormir a tarde toda. Barriga cheia! E vai assim até a tadinha, hora da janta. Senta do meu lado pra ganhar um pãozinho. Afinal, ninguém é de ferro né? Aí, vem a hora que ele mais gosta no dia, hora da brincadeira! Fica chamando a todos pra correr atrás dele em volta da mesa. Pode? Quem atende na maioria das vezes é meu marido. Só quer parar quando não aguenta mais de cansado. Se a gente está cansado não tem a menor importância pra ele. O fato é que ele quer brincar! Viram só que fúria de cachorro eu tenho em casa? Mas se chega algum estranho no portão, sei não!
 
6 Comentários

Publicado por em 29/09/2010 em átila, cachorros, cães, meus cães, os de casa

 

>Átila

>

 
Deixe um comentário

Publicado por em 03/05/2010 em átila, cães, meus cães

 

>ADOTAR É TUDO DE BOM!!!

>

A campanha PEDIGREE Adotar é tudo de bom não para de crescer e para ficar ainda mais forte, contamos com a sua ajuda. Assista ao vídeo “ajude-nos a ajudá-los”, para cada visualização doaremos um prato de PEDIGREE para alimentar cães que ainda estão a espera de um lar feliz. Abrace você também esta causa. Divulgue para seus amigos e ajude a milhares de cães.

Veja regulamento no adotaretudodebom.com.br

http://adotaretudodebom.com.br/

 
1 comentário

Publicado por em 16/08/2009 em mensagens, meus cães

 

>Shara e Junior

>Dois companheiros amados. Devem ter se reencontrado no paraíso.
E o céu está mais lindo agora…

LoonaPix.com. Make Funny Pictures Online

 
2 Comentários

Publicado por em 10/12/2008 em meus cães

 
 
%d blogueiros gostam disto: