RSS

Arquivo da categoria: os baus

>O segredo dos Baús

>

O segredo de família Bau pode render novidades doces para diabéticos


Quem já foi lá, sabe do que estou falando. Bem no alto das montanhas, nas proximidades de Vicenza, encravada num mar verde espetacular, encontra-se Stoccareddo. Cidadezinha pequena onde dos 380 habitantes, 370 trazem o sobrenome Bau. Segundo consta, o sobrenome tem dominado o lugar desde 1400- existem registros de 8 famílias Baús que lá viviam.

“Os homens tendiam a ficar na aldeia, mantendo assim vivo o apelido, embora fosse hábito comum de ter uma e esposa de fora”, disse Viviano Bau, um professor.

As mulheres Baús tenderam a se casar com os locais.

O segredo: médicos pesquisadores de um instituto italiano descobriram algo mais que os Baus de Stoccareddo têm em comum – uma tolerância rara de açúcar no sangue a níveis tão altos que eles normalmente levam a sintomas de diabetes. Eles acreditam que isto pode ser devido a um gene único Bau.

Nos últimos anos os pesquisadores recolheram amostras de sangue e examinou o DNA de centenas de Baus que viajam para Stoccareddo de todo o mundo para seu encontro anual, que atrai cerca de 1.200 visitantes.

Os cientistas esperam que o estudo dos Baus possa revelar “insights” sobre diabetes. “Quase nenhuma das pessoas testadas têm diabetes, o que significa que talvez Baus tenham desenvolvido algum tipo de gene protetor”, disse Viviano Bau.

Vistas das montanhas de Stoccareddo:

Ruas de Stoccareddo:

Casario de Stoccareddo:

Monumento da Praça central de Stoccaredo:

Fonte:
http://www.smh.com.au/articles/2004/08/13/1092340467944.html?from=storylhs
Por Bruce Johnston na Itália
Agosto 14, 2004

Anúncios
 
2 Comentários

Publicado por em 15/10/2010 em diabetes, os baus, Stoccareddo

 

>A visão do paraíso-Neve em Stoccareddo

>

O tempo passa depressa. Isso é fato. Já se vão quase 3 anos desde que fomos a Stoccareddo. De lá, guardo lindas lembranças e a paisagem não me sai da memória. Na ocasião conversamos com duas mulheres que estavam enfrente às suas casas, tomando uma fresca, pois estava muito calor na época. Eram Baus as duas, nenhuma surpresa visto que 99,9% das pessoas que moram lá, também são. Conseguimos manter diálogo com elas numa mistura de italiano-espanhol-português que só os com muito boa vontade de se comunicar entenderiam. Trocamos e-mail e quando voltamos meu marido tratou de enviar correspondência para não deixar desaparecer o contato. As meninas chamam-se Sidônia e Lionela Bau mas quem nos respondeu foi Ana Maria Bardolini. Pelo que entendi, Ana Maria é casada com o irmão das meninas. Não os conhecemos na época, mas Ana, para nossa grata surpresa, troca e-mail com meu marido e mandou umas fotos da neve que já caiu em Stoccaredo esse ano.
Parece ou não parece uma cidade de contos de fadas? Vi o verão por lá. E era belo, exuberantemente verde, quente e acolhedor. Imaginem tudo aquilo branquinho de neve? É a visão do paraíso! Pelo menos pra mim, que adoro inverno! Depois de ver as fotos, cheguei a uma conclusão: vou ter que voltar lá quando estiver frio. Stoccaredo que me aguarde!!! Não sei quando mas, com certeza, vou querer ver isso. E vou me apaixonar de novo. É irresistível…
Quero agradecer a Ana Maria pelas fotos. Querida, sua gentileza foi imensa! Obrigada. Espero que goste da postagem e saiba que tens aqui grandes admiradores.

Vistas da cidade

Sidônia

Ana Maria e seu marido

 
Deixe um comentário

Publicado por em 28/01/2010 em neve, os baus, Stoccareddo

 

>Visitinhas…

>

Todo mundo que me conhece um pouquinho sabe que adoro visitas. Amo quando vem alguém aqui em casa e, apesar de não ter um cômodo específico para as visitas, sempre se dá um jeitinho. É que nem coração de mãe: sempre cabe mais um. Este ano eu trouxe duas visitas comigo para umas férias. Neca, minha cunhada e sua filha, a Maria Eduarda (7 anos de pura peraltice e falta de sossego!). Problema: temos um cão em casa, o Átila, um rot lindo, preto, imenso e, conosco da casa, um doce de criatura. Assim que combinamos a visita, pensei, cá com meus botões, se não ia dar problema com o “catorão”, já que ele não tem um histórico de relacionamento com crianças. Muitas recomendações e um pouco de medo depois, vejam no que deu! Minha criatura negra ultrapassou sem sustos o novo convívio. Ele cheirou Maria, Maria adora cachorros. Átila adora brincar, Maria adora correr. Maria deu um cansaço em Átila que ficava com 2 metros de língua pra fora de tanto saracotear. O bicho é muito confiado, só faltou pedir colinho pra ela, o que ela teria feito de bom grado se aguentasse o peso do animal. Acho que foi amor à primeira vista, ou melhor, à primeira cheirada.

 
1 comentário

Publicado por em 21/01/2010 em átila, cães, maria eduarda, os baus, texto

 

>Natal 2009

>

Como todo ano, desde que saímos do Rio Grande voltamos lá para passar o Natal com os parentes. Renovação dos laços familiares. É muito bom. Rever todo mundo, visitar os conhecidos, comer “xis” na lanchonete e galeto no Vera Cruz. Quem já esteve lá sabe do que eu estou falando. Quem não esteve deve visitar, nem que seja pra fazer essas duas coisas. É do lugar. Não tem comparação. Não existe em lugar nenhum um “xis burguer” e um galeto como em Santa Maria. Deliciosos! Este ano não podia ser diferente, galeto comi uma vez só. Xis comi 3 e vai aqui a dica: o do Santa Fé é o melhor. De comer rezando!!!
Mas não estou aqui pra falar de comida e sim de fotos. As fotos do Natal e do amigo secreto que nos alegra a noite.
Ri muito, como sempre. Estava divertido pra caramba! Só não estava melhor porque meu filho não estava junto, meu pai, meu irmão e minha cunhada estavam longe dos olhos mas perto do coração. Essas pessoas fazem parte da minha vida. Isso é uma satisfação.

O anfitrião e a anfitriã( gente muito querida, kkk). E a casa estava todinha preparada pra nos receber. Linda claro! Coisas da Vera e da Vivi!!!

A mesa então, estava um espetáculo…By Vera e Vivi

Teve muvuca-o que seria duma festa de Natal sem isso?????

Teve chopp e gente “mamando” na chopeira…(cambada de pinguço!!!!)

Teve sobrinha fazendo bico, sobrinho sem entender nada e “uns outros” arrastando o sári pela sala…(não sei não, mas isso não tá me cheirando bem!)

Teve sobrinho que exigiu um stop! Só não sei se alguém obedeceu!!!

E os filhos do Baú e da Naná reunidos de novo…um pouquinho mais velhos mas nem por isso menos lindos…(principalmente meu maridão!)

Genros e Noras (faltou a Rosangela que já tinha ido embora) que não envelhecem nunca! Só adquirimos sabedoria e experiência…

Cuecas…

Sogro e maridão-lindos né?

 
3 Comentários

Publicado por em 14/01/2010 em festas, natal, os baus

 

>Todos nós

>E pra finalizar, duas montagens com todos dos que estavam lá. E eu me diverti de montão. Obrigada a todos vocês por terem nos proporcionado uma noite de paz e alegria. Amo vocês todos. Cada um em particular. Só faltaram a Vera e o Valentim, a Vanessa e o Beto, a Viviane e o Thiago pra completar a turma. Estávamos com vocês de coração e alma… Isso sem falar nos meus….

 
Deixe um comentário

Publicado por em 09/01/2009 em os baus

 

>Vô Baú e Vó Naná

>Foi ótimo pra matar as saudades. Pena que foi rápido demais.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 09/01/2009 em os baus

 

>Luciane

>Ela também estava brincandinho de amigo-secreto! A gente ri pra caramba!!!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 08/01/2009 em os baus

 
 
%d blogueiros gostam disto: