RSS

Arquivo da categoria: texto

Barriga é barriga…

Barriga é barriga, peito é peito e tudo mais. Confesso que tive agradável surpresa ao ver Chico Anísio no programa do Jô, dizendo que o exercício físico é o primeiro passo para a morte. Depois de chamar a atenção para o fato de que raramente se conhece um atleta que tenha chegado aos 80 anos e citar personalidades longevas que nunca fizeram ginástica ou exercício – entre elas o jurista e jornalista Barbosa Lima Sobrinho – mas chegou à idade centenária, o humorista arrematou com um exemplo da fauna:
A tartaruga com toda aquela lerdeza, vive 300 anos. Você conhece algum coelho que tenha vivido 15 anos?
Gostaria de contribuir com outro exemplo, o de Dorival Caymmi. O letrista compositor e intérprete baiano era conhecido como pai da preguiça. Passava 4/5 do dia deitado numa rede, bebendo, fumando e mastigando. Autêntico marcha-lenta, levava 10 segundos para percorrer um espaço de três metros. Pois mesmo assim e sem jamais ter feito exercício físico viveu 90 anos.
Conclusão: Esteira, caminhada, aeróbica, musculação, academia? Sai dessa enquanto você ainda tem saúde…
E viva o sedentarismo ocioso!!! Não fique chateado se você passar a vida inteira gordo. Você terá toda a eternidade para ser só osso!!!
Então: NÃO FAÇA MAIS DIETA!! Afinal, a baleia bebe só água, só come peixe, faz natação o dia inteiro, e é GORDA!!! O elefante só come verduras e é GORDOOOOOOOOO!!!
VIVA A BATATA FRITA E O CHOPP!!!
Você, menina bonita, tem pneus? Lógico, todo avião tem!
E nunca se esqueçam:

‘Se caminhar fosse saudável, o carteiro seria imortal.´

E lembrem-se sempre:

Celulite quer dizer :

EU SOU GOSTOSA! Em braile!”

Arnaldo Jabour


 
2 Comentários

Publicado por em 31/07/2011 em arnaldo jabor, mensagens, texto

 

>Voltando a contar histórias

>

…continuação
Para chegarmos à praia, utilizamos a BR 116 que aqui no Paraná chama-se BR 376, não me perguntem o porquê. Essa mesma BR também vai para Balneário Camboriú, Florianópolis e todas as outras praias do litoral de Santa Catarina. Imaginem agora o trânsito num um feriado prolongado! Todo o estado vai usar esse caminho para ir ao litoral. Isso sem falar nos paulistas que também andam por aqui. Horas a fio de viagem. Um percurso que duraria, normalmente, 1 hora e 15 minutos, nessas ocasiões demora mais ou menos de 5 a 7 horas. Usem agora a sua mais criativa imaginação e pensem num animal de 60 kg num banco traseiro de carro durante todo esse tempo. Nem pensar! Para evitarmos esse transtorno todo, o remédio foi sair de casa antes de voltar depois. Decidimos viajar na quinta-feira. Tudo resolvido: viagem rápida para não estressar o bicho. Não ia dar nem tempo de ele perceber que estava demorando. Ledo engano: acidente na estrada. Aquela 1 hora e 15 tranformou-se em 5 horas com uma chuvinha básica para não podermos abrir as janelas. A “criatura” até que se comportou bem. Paramos duas vezes para ele esticar as pernas e fazer necessidades. Até dormiu quando percebeu que o negócio ia se estender. “Doce criatura”. Brincadeira? Não, é sério mesmo. Ele é realmente uma doce criatura.
Apesar do incômodo , que é visível, o que importa pra ele é estar junto conosco. Suporta até o excesso de calor e insetos voadores que são em grande número por lá. O pátio é aberto e temos que ficar o tempo todo de olho nele pois fica tentando dar umas escapadelas para fora . O tempo não estava muito bom o que, de fato, foi melhor pois o calor não era tão grande. Os pássaros coloridos não apareceram. Acho que nesta época do ano vão para outro lugar. Átila aguentou firme mas tenho a sensação de que quando chegamos em casa de volta, ele me olhou com aqueles olhos lindos e pensou: “agora tô no meu lugar”.

Tirando um cochilo na sala:

Tá me chamando????

Foi preciso muita quirera para aparecer alguns:
Um beija-flor de vez em quando:

Escondidinho embaixo da mesa para os mosquitos não verem:

Banho de lua:

Algumas poucas orquídeas estavam floridas:
 

>REPELENTE BARATO, CHEIROSO E EFICAZ . FAÇA!

>

Recebi por e-mail de uma amiga e resolvi postar aqui pois achei muito interessante.

Leiam, não é só para o mosquito da dengue:
Estou repassando, por entender tratar-se de uma solução fácil para um problema que vem se arrastando e adoecendo

tantas pessoas.

Se for possível, repassem.

Senhores, volto a insistir, com tanta chuva, está sendo impossível controlar poças d’agua e criadouros, como sabem.

Estou fazendo um trabalho de formiguinha e está dando certo.
Repelente caseiro, com ingredientes de grande disponibilidade, fácil de preparar em casa, de agradável aroma e econômico.
Em contato com pessoas, tenho notado que não se protegem e estão reclamando que as crianças estão cheias de picadas.

Tenho distribuído frascos como amostra, todos estão aderindo.

Já distribuí 500 frascos e continuo, mas, sou sozinha, trabalhando com recursos próprios, devido ao grande número de casos de dengue, não consigo abranger a todos.

Gostaria que a SUCEN sugerisse aos municípios distribuirem este repelente (numa emergência) nos bairros carentes com focos da dengue, ensinando às pessoas a preparar e usar diariamente, como se usa sabonete ou pasta de dente.

Protegeria as pessoas e ao mesmo tempo, diminuiria a fonte de proteína do sangue humano para o mosquito maturar seus ovos, atrapalhando assim, a proliferação.

Não acham que qualquer ação que venha a somar nesta luta deveria ser bem-vinda?

DENGUE I: FAÇA O REPELENTE DOS PESCADORES EM CASA:

Ingredientes:
1/2 litro de álcool;

1 pacote de cravo da Índia (10 g);

1 vidro de óleo de nenê (100ml)

Modo de fazer:

Deixe o cravo curtindo no álcool uns 4 dias, agitando pela manhã e à tarde;

Acrescente o óleo corporal (pode ser de amêndoas, camomila, erva-doce, aloe vera).

Passe só uma gota no braço e pernas e o mosquito foge do cômodo.

O cravo espanta formigas da cozinha e dos eletrônicos, espanta as pulgas dos animais.

O repelente evita que o mosquito sugue o sangue, assim, ele não consegue maturar os ovos e diminuindo a proliferação.

A comunidade toda tem de usar, como num mutirão.

Não forneça sangue para o aedes aegypti!

Ioshiko Nobukuni

Sobrevivente da dengue hemorrágica.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 15/03/2011 em dengue, repelente, texto, utilidade

 

>Candeias do Jamari

>

Hoje fiquei muito feliz pois recebi um comentário numa postagem que me deixou imensamente lisonjeada. Você pode notar, pelo número de seguidores que tenho, que na realidade escrevo mais para mim mesma. Uso mais este espaço para guardar minhas experiências e para que elas não fiquem no meu próprio esquecimento. Às vezes tenho a sensação que ninguém me escuta. Talvez tenha sido por isso que fiquei tão contente com o comentário, ainda mais que ele veio de uma pessoa pública. Não que os outros sejam menos importantes mas me surpreendeu que alguém que deva ter tanta coisa com que se preocupar, tenha achado minha postagem e feito um comentário tão gentil. Quero deixar aqui meu agradecimento ao vereador Giuliano Viecili( PMDB – Candeias do Jamari) e dizer que tudo o que escrevi foi muito sincero. Tirando o calor, gosto muito do lugar.O que fiz, simplesmente, foi constatar com meus próprios olhos, a beleza natural do lugar. Para quem gosta de calor, sol, natureza rústica, água, peixe e gente boa, Candeias do Jamari é um “prato cheio”. Em minha viagem em agosto próximo, com data marcada pois é aniversário do meu pai, vou trazer umas fotos novas e contar mais algumas histórias.
 

>Sandra!

>Photobucket

Acho que preciso dizer sim! Nem todas as palavras do mundo poderiam expressar meu amor por ti! Às vezes me pergunto como as pessoas se aproximam, se vão gostar umas das outras ou não, se terão coisas em comum ou não e se, simplesmente vão ser passageiras nas vidas umas das outras. Não sei se cheguei a alguma conclusão mas o fato é que o que aconteceu conosco foi amor à primeira vista. Não me pergunte o porquê. No início foi uma fase de conhecimento, depois veio o encantamento e agora ficou a certeza. Certeza de que tu fazes parte de minha vida e te considero minha irmã de coração. Temos laços fortes sim, de coração , de alma e de amor. Se tem uma coisa pela qual rezo é para sempre estares perto de mim e quero estar perto de ti sempre. Tu fazes minha vida mais feliz e me faz acreditar que o amor existe na sua forma mais pura.
Beijos e muitas felicidades.
 
Deixe um comentário

Publicado por em 24/02/2011 em parabéns, sandra, texto

 

>Seja um idiota

>

A idiotice é vital para a felicidade.


Gente chata essa que quer ser séria, profunda e visceral sempre. Putz! A vida já é um caos, por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado? Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: mortes, separações, dores e afins.

No dia-a-dia, pelo amor de Deus, seja idiota! Ria dos próprios defeitos. E de quem acha defeitos em você. Ignore o que o boçal do seu chefe disse. Pense assim: quem tem que carregar aquela cara feia, todos os dias, inseparavelmente, é ele. Pobre dele.

Milhares de casamentos acabaram-se não pela falta de amor, dinheiro, sexo, sincronia, mas pela ausência de idiotice. Trate seu amor como seu melhor amigo, e pronto.

Quem disse que é bom dividirmos a vida com alguém que tem conselho pra tudo,soluções sensatas, mas não consegue rir quando tropeça?

hahahahahahahahaha!…

Alguém que sabe resolver uma crise familiar, mas não tem a menor idéia de como preencher as horas livres de um fim de semana? Quanto tempo faz que você não vai ao cinema?

É bem comum gente que fica perdida quando se acabam os problemas. E daí,o que elas farão se já não têm por que se desesperar?

Desaprenderam a brincar. Eu não quero alguém assim comigo. Você quer? Espero que não.

Tudo que é mais difícil é mais gostoso, mas… a realidade já é dura; piora se for densa.

Dura, densa, e bem ruim.

Brincar é legal. Entendeu?

Esqueça o que te falaram sobre ser adulto, tudo aquilo de não brincar com comida, não falar besteira, não ser imaturo, não chorar, não andar descalço,não tomar chuva.

Pule corda!

Adultos podem (e devem) contar piadas, passear no parque, rir alto e lamber a tampa do iogurte.

Ser adulto não é perder os prazeres da vida – e esse é o único “não” realmente aceitável.

Teste a teoria. Uma semaninha, para começar.

Veja e sinta as coisas como se elas fossem o que realmente são:

passageiras. Acorde de manhã e decida entre duas coisas: ficar de mau humor e transmitir isso adiante ou sorrir…

Bom mesmo é ter problema na cabeça, sorriso na boca e paz no coração!

Aliás, entregue os problemas nas mãos de Deus e que tal um cafezinho gostoso agora?

A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso cante, chore,dance e viva intensamente antes que a cortina se feche!


Arnaldo Jabor
 
3 Comentários

Publicado por em 18/02/2011 em arnaldo jabor, mensagens, texto

 

>Mário Quintana

>

Uma lição…
Clique na figura e entenderás tudo.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 27/11/2010 em mário quintana, mensagens, texto

 
 
%d blogueiros gostam disto: